Zero à Esquerda

Editores: Omar Khouri e Paulo Miranda
Histórico: edição única, março 1980 / maio 1981

Formato: 51,6 x 28,3 x 1,2 cm

Número de páginas: caixa de papelão contendo trabalhos avulsos em diversos formatos, papéis e técnicas de impressão

Impressão: serigrafia, offset, tipografia e carimbo 

Tiragem: 500 exemplares

A revista é uma verdadeira exposição portátil formada por um conjunto de trabalhos avulsos em diversos formatos, papéis e técnicas de impressão (serigrafia, ofsete tipografia, carimbo), reunidos em uma caixa de papelão. O logotipo da revista é um poema, a capa é um grande adesivo, com fundo laranja e letras azuis, com a palavra ZERO invertida, de modo que “0” (zero), ficasse mesmo à esquerda, idéia de Walter Silveira. O nome da editora, Nomuque, é uma referência ao tipo de trabalho editorial, realizado com técnicas artesanais, feitas “no muque”, com a participação ativa dos colaboradores (Carlos Valero, Júlio Mendonça, Omar Khouri, Paulo Miranda, Sonia Fontanezi, Tadeu Jungle, Walter Silveira, Zéluiz).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: